Pupa, boneca assombrada

Boneca foi feita na década de 1920 sob medida para se parecer com sua dona. A cabeça, os braços e as pernas foram feitas de feltro e podem ser movidas; o cabelo é cabelo humano. O botão costurado em sua gola era da avó da dona, que morreu.

A boneca que a pequena dona carinhosamente chamou de Pupa foi até fotografada com ela e seu irmão na Itália em 1928.

A dona sempre dizia que Pupa estava viva e tinha vontade própria. Ela até contou histórias a seus netos que a boneca era sua melhor amiga e confidente mais querida. Ela disse a eles que Pupa conversou com ela ao longo dos anos e até salvou sua vida.

Desde a morte da dona, em 2005, a família que ficou com a boneca relata que ela se tornou muito ativa e parece querer ser liberada de onde está mantida. Eles afirmam que diz que a boneca se move sozinha. Muitas vezes dizem que ela empurra as coisas ao redor na vitrine onde a família que a possui a mantêm.

Muitas vezes, Pupa era colocado de forma diferente de quando a família a viu pela última vez. Mais de uma vez, a família relatou ter ouvido um som como alguém batendo no vidro enquanto passavam pela vitrine de Pupa. Quando eles se viram para olhar, eles viram a mão de Pupa pressionada contra o vidro e suas pernas cruzadas, diferente de como estavam antes.

A localização da boneca é mantida em segredo, assim como a identidade dos donos. Assim como não se pode afirmar se se trata de uma lenda urbana ou de fatos verídicos. A única coisa que se sabe é que a história de Pupa é dita como real nos sites que falam de assuntos paranormais.

Você acredita que uma boneca pode “ganhar vida”!?

Fonte: The Paranormal Guide.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *