Homem canibalizou outro dentro de ônibus e foi considerado insano

Vicent Li chinês-canadense que em uma viagem de ônibus tirou brutalmente a vida de Timothy McClean e o canibalizou. Depois de ser preso, Li foi considerado inocente por motivo de insaninade e passou seis anos em um hospital psiquiátrico antes de ser solto em 2015.

Em 30 de julho de 2008 em Alberta, Canadá, Timothy McLean embarcou no ônibus após uma feira de carnaval, onde estava trabalhando.

Então, o chinês-canadense Vincent Li, entrou e sentou-se na parte frontal do ônibus. Depois de 30 minutos, ele saiu para fumar um cigarro durante uma parada de descanso. De acordo com os passageiros, Li parecia muito agitado neste momento e chateado com alguma coisa. Quando ele voltou para o ônibus, foi para um novo assento.

Li decidiu se sentar na fileira de Tim. McLean estava dormindo com a cabeça apoiada na vidraça da janela, com fones de ouvido.

Com a chegada da noite, um grito foi ouvido na parte de trás do ônibus, as testemunhas viraram suas cabeças para ver uma cena horrível, Li estava apunhalando McLean. A vítima não parava de gritar de agonia e o sangue respingava nos assentos do ônibus.

Imediatamente, o motorista do ônibus parou o coletivo e começou a evacuação. Li tentou correr para fora do ônibus com sua faca de caça, mas foi trancado no ônibus. Ele tentou arrombar a porta principal do ônibus, mas não teve sucesso. Ele estava constantemente batendo no vidro da porta do ônibus, sem sucesso. Dois passageiros ao lado do motorista do ônibus tentaram verificar McLean e possivelmente salvá-lo do assassino monstruoso. Os três homens embarcaram bravamente no ônibus em uma tentativa de retirar McLean do ônibus, mas ele estava claramente morto. Eles foram então perseguidos por Li com sua faca, mas conseguiram sair.

Depois da tentativa de resgate, Lee começou a decapitar o cadáver de McLean e foi visto cortando suas pernas e braços. Ele foi observado profanando o cadáver e rasgando suas entranhas, removeu seus olhos, cortou suas orelhas, língua e outras partes. É nesse momento as coisas ficam mais sinistras ainda, ele começou a comer a carne de McLean, incluindo seus olhos e coração.

Depois de um tempo a polícia se dirigiu ao local do crime. Lee foi visto andando de um lado para o outro no ônibus segurando a cabeça de McLean.

Negociadores tentaram tirar Li do ônibus, mas ele recusou…

Eventualmente, depois de duas horas, ele tentou escapar quebrando a janela lateral e correndo para fora do ônibus, mas foi rapidamente preso.

Vincent Li foi diagnosticado com esquizofrenia mental, não foi responsabilizado pelo crime e foi enviado para um centro de tratamento mental em 2009. E passou apenas seis anos no hospital psiquiátrico, sendo solto em 2015.

Em uma entrevista em 2012 , Li falou que começou a ouvir “a voz de Deus” em 2004 e que queria salvar o povo de um ataque alienígena.
Fonte: BBC; Mysteries.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *